Postagens do assunto: Inclusão

O Globo: Espaços Deficientes

Grande parte dos projetos culturais é realizada via leis de renúncia fiscal, ou seja, com impostos de todos, incluindo as pessoas com deficiência visual e auditiva. Pode uma menina cega assistir a uma peça de teatro e ao fim sair comentando sobre detalhes do cenário e figurino? Pode um rapaz surdo ir a um musical e se emocionar com a letra das músicas que compõem a trilha? Pode uma pessoa cega ser júri de um festival de cinema? Pode um grupo de amigos cegos ir ao teatro e ler o programa sem ajuda?

A Galinha Ruiva: artigo de Marta Gil

O mais recente artigo de Izabel Maior, sobre o silêncio incompreensível , foi como a famosa gota dágua que me fez lembrar a história da Galinha Ruiva, será que vocês conhecem?

Ouvidos para enxergar

"O que faz com que homens sejam homens é a imaginação". A afirmação do iluminista francês Denis Diderot, autor de Carta Sobre os Cegos, escrita no século 18, serve tal fio condutor às reflexões sobre a estética do olhar, a comunicação e a inclusão, desde lá. Não à toa, foi o pensador, primeiro a ponderar acerca da importância de se descrever/traduzir obras de arte e espetáculos, sobretudo a quem não pode ver com os olhos, que a filósofa Isabel Machado (Bell Machado) se reportou ao introduzir, de maneira pioneira no Brasil, a audiodescrição, em 2000 – isso depois de aprender com deficientes visuais do Centro Cultural Louis Braille de Campinas a ressignificar o mundo "visível" de forma tangível; e passar a narrar filmes ao vivo (foram mais de 300 sessões narradas até aqui).

Quem cabe na cultura?

Cumprir leis é crime? Atender as boas e garantidoras leis, incondicionais na garantia dos direitos humanos, por exemplo, será um crime maior ainda? É esse o dilema que nossa instituição, a ONG Escola de Gente, de Comunicação em Inclusão, enfrenta há 11 anos, quando foi criada por aguerridos jornalistas e ativistas, focados em fazer de toda política pública uma política pública inclusiva. Um projeto ousado até hoje.

Semana de Inclusão e Acessibilidade na UFC

De 3 a 8 de junho, o Campus do Benfica – espaço da Universidade Federal do Ceará que concentra o maior número de pessoas com deficiência na Instituição – será palco da Semana de Inclusão e Acessibilidade (SIA), evento voltado para todas as pessoas cegas, surdas, cadeirantes, muletantes ou com algum tipo de restrição na mobilidade.

Recurso pesquisado na UECE pode ajudar a vida de muita gente

A audiodescrição pode ajudar não apenas na tradução de imagens mediante o uso das palavras, mas também ampliar o universo cultural, além de promover a inclusão dos portadores de necessidades especiais visuais na sociedade em geral. Para que isso se torne realidade, é preciso que haja maior compreensão dos produtores culturais locais em tornar as manifestações artístico-culturais acessíveis a esse grupo de pessoas, usando, além do recurso da audiodescrição, legendagem e interpretação em Dicionário da Língua de Sinais (Libras).