Postagens do assunto: Manifestos

Encantos e Desencantos no Reino da Audiodescrição

Pelo segundo ano consecutivo, o espetáculo de Natal apresentado no Palácio Avenida, em Curitiba, contou com o recurso de audiodescrição. O empreendimento a cargo do Instituto Sensorial deu asas ao “espírito livre” sob a égide de uma presumível inovação pela participação inusitada de uma pessoa cega na cabine como locutora em parceria com o audiodescritor. A novidade chamou a atenção do público, ganhou publicidade e provocou o posicionamento crítico dos profissionais que se distinguem pela expertise nesta área do conhecimento. Dentre estes profissionais, destacamos a nossa atuação como consultores em audiodescrição, atividade desenvolvida por pessoas com deficiência visual (cegueira ou baixa visão) devidamente qualificadas para realizar a avaliação técnica da qualidade, eficácia, pertinência e funcionalidade do produto audiodescrito.

Mais sobre audiodescrição
Nós, pessoas com deficiência e representantes das entidades da sociedade civil que atuam na defesa
Carta Aberta em Defesa da Audiodescrição CONSIDERANDO que a Constituição de 1988 estabeleceu a obrigação
Nós, os participantes do foro regional América Acessível: Informação e Comunicação para Todos, realizado em

MANIFESTO EM DEFESA DA SECRETARIA NACIONAL DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA – SNPD

Nós, pessoas com deficiência e representantes das entidades da sociedade civil que atuam na defesa dos direitos dos mais de 45 milhões desses brasileiros, exigimos do governo interino do presidente Michel Temer a manutenção da SNPD como órgão específico, com status de Secretaria Nacional, destinado à articulação de políticas públicas voltadas ao segmento.

Mais sobre audiodescrição
Pelo segundo ano consecutivo, o espetáculo de Natal apresentado no Palácio Avenida, em Curitiba, contou
Carta Aberta em Defesa da Audiodescrição CONSIDERANDO que a Constituição de 1988 estabeleceu a obrigação
Nós, os participantes do foro regional América Acessível: Informação e Comunicação para Todos, realizado em

Audiodescritores divulgam carta aberta em defesa da audiodescrição

Carta Aberta em Defesa da Audiodescrição

CONSIDERANDO que a Constituição de 1988 estabeleceu a obrigação do Estado de criar programas específicos para as pessoas com deficiência física, sensorial ou intelectual e facilitar seu acesso aos bens e serviços de uso coletivos;

Mais sobre audiodescrição
Pelo segundo ano consecutivo, o espetáculo de Natal apresentado no Palácio Avenida, em Curitiba, contou
Nós, pessoas com deficiência e representantes das entidades da sociedade civil que atuam na defesa
Nós, os participantes do foro regional América Acessível: Informação e Comunicação para Todos, realizado em

America Acessivel: Informação e Comunicação para TODOS

Nós, os participantes do foro regional América Acessível: Informação e Comunicação para Todos, realizado em São Paulo, Brasil, de 12 a 14 de novembro de 2014, gostaríamos de agradecer aos anfitriões, à Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida, aos organizadores do América Acessível: Informação e Comunicação para Todos, a União Internacional de Telecommunicações (UIT), à representação no Brasil da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO) e à Secretaria Nacional de Promoção dos Direitos das Pessoas com Deficiência da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República do Brasil (SDH) e aos patrocinadores.

Mais sobre audiodescrição
Uma demanda da comunidade cega e das pessoas com deficiência visual consumidoras de televisão por
A Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR) e o Ministério da Cultura
A Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR) e a Agência Nacional de

Espaços Deficientes

Grande parte dos projetos culturais é realizada via leis de renúncia fiscal, ou seja, com impostos de todos, incluindo as pessoas com deficiência visual e auditiva. Pode uma menina cega assistir a uma peça de teatro e ao fim sair comentando sobre detalhes do cenário e figurino? Pode um rapaz surdo ir a um musical e se emocionar com a letra das músicas que compõem a trilha? Pode uma pessoa cega ser júri de um festival de cinema? Pode um grupo de amigos cegos ir ao teatro e ler o programa sem ajuda? Sim, é possíve le prova de que os espaços deficientes é que tornam as pessoas deficientes.

Mais sobre audiodescrição
Pelo segundo ano consecutivo, o espetáculo de Natal apresentado no Palácio Avenida, em Curitiba, contou
Nós, pessoas com deficiência e representantes das entidades da sociedade civil que atuam na defesa
Carta Aberta em Defesa da Audiodescrição CONSIDERANDO que a Constituição de 1988 estabeleceu a obrigação

Justiça Vidente: artigo de Fábio Adiron

Segundo a Enciclopédia de Filosofia de Christoph Lumer, a justiça é um conceito abstrato que se refere a um estado ideal de interação social em que há um equilíbrio razoável e imparcial entre os interesses, riquezas e oportunidades entre as pessoas envolvidas em determinado grupo social. Suas concepções e aplicações práticas variam de acordo com o contexto social e sua perspectiva interpretativa, sendo comumente alvo de controvérsias.

Mais sobre audiodescrição
O Conselho Curador da Empresa Brasil de Comunicação (EBC) publicou hoje, 14, no Diário Oficial
O Ver TV traz, toda semana, múltiplos olhares sobre conteúdos apresentados na televisão e também
De acordo com o disposto na Portaria nº 188 do Ministério das Comunicações, a partir

A TV Globo, as novelas, os cegos e seus pretensos tuteladores

Carta aberta dirigida aos tuteladores de quem pensa, sente e aje

Prezados (as) senhores (as) detentores dos meios de comunicação, particularmente à frente da maior rede de informação do país, a Rede Globo de Televisão.

Mais sobre audiodescrição
Pelo segundo ano consecutivo, o espetáculo de Natal apresentado no Palácio Avenida, em Curitiba, contou
Nós, pessoas com deficiência e representantes das entidades da sociedade civil que atuam na defesa
Carta Aberta em Defesa da Audiodescrição CONSIDERANDO que a Constituição de 1988 estabeleceu a obrigação

A Galinha Ruiva: artigo de Marta Gil

O mais recente artigo de Izabel Maior, sobre o silêncio incompreensível , foi como a famosa gota dágua que me fez lembrar a história da Galinha Ruiva, será que vocês conhecem?

Mais sobre audiodescrição
Pelo segundo ano consecutivo, o espetáculo de Natal apresentado no Palácio Avenida, em Curitiba, contou
Nós, pessoas com deficiência e representantes das entidades da sociedade civil que atuam na defesa
Carta Aberta em Defesa da Audiodescrição CONSIDERANDO que a Constituição de 1988 estabeleceu a obrigação

Felipe Mianes: pela ampliação da audiodescrição na TV

Vídeo comentando a ação movida pelo Ministério Público Federal pela ampliação da audiodescrição na Tv aberta brasileira. Depois de termos nossos direitos adquiridos o Ministério das Comunicações teima em tentar solapá-lo. Nos cabe lutar para que nossos direitos sejam mantidos e tenhamos mais audiodescrição na tv.

Mais sobre audiodescrição
A plenária sobre Acessibilidade: closed caption, libras, audiodescrição e atualização das normas, moderada por Caio
Nem todos os cidadãos conseguem ter acesso ao conteúdo que passa na televisão da mesma
O Ministério Público Federal notificou 11 emissoras de rádio e televisão de Mato Grosso do

Moção de apoio ao Ministério Público Federal: audiodescrição na TV

Dia 11 de outubro passado, o Ministério Público Federal obteve êxito no Tribunal Regional Federal de Brasília em uma ação movida contra o Ministério das Comunicações para a retomada do cronograma de implantação da audiodescrição na televisão brasileira, estabelecida na Portaria 310, no ano de 2006, quando foi determinado que cada emissora deveria exibir 2 horas diárias de audiodescrição, aumentando 2 horas por ano até se chegar aos 100% da programação.

Mais sobre audiodescrição
O Ministério Público Federal notificou 11 emissoras de rádio e televisão de Mato Grosso do
Semanas antes do início da propaganda político-partidária para as eleições municipais de 2016, o Ministério
Para obter informações adicionais a fim de subsidiar Inquérito Civil que trata do direito à