Postagens do assunto: Outros países

Curso de especialização em audiodescrição e legendas na Espanha

Existem na Espanha mais de dois milhões de pessoas com deficiência auditiva ou deficiência visual que enfrentam diariamente várias barreiras para o acesso à informação audiovisual. A Lei do Audiovisual afirma que em 2013 programas de televisão terão 90% de seu conteúdo legendado e audiodescrito, uma percentagem significativa. Neste cenário é necessário formar profissionais nas técnicas necessárias para obter produtos a preços acessíveis. Neste sentido, a Universidade Carlos III está oferecendo o Curso de Especialização em Tecnologias de Legendas e Audiodescrição.

America Acessivel: Informação e Comunicação para TODOS

Nós, os participantes do foro regional “América acessível: Informação e Comunicação para TODOS”, realizado em São Paulo, Brasil, de 12 a 14 de novembro de 2014, gostaríamos de agradecer aos anfitriões, à Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida, aos organizadores do “América acessível: Informação e Comunicação para TODOS”, a União Internacional de Telecommunicações (UIT), à representação no Brasil da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO) e à Secretaria Nacional de Promoção dos Direitos das Pessoas com Deficiência da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República do Brasil (SDH) e aos patrocinadores.

Ministério da Cultura articulou estágio para audiodescritores e legendistas na Inglaterra

A Secretaria da Economia Criativa do Ministério da Cultura (SEC/MinC), em parceria com o British Council, articulou uma oportunidade de estágio sobre acessibilidade cultural em duas das mais renomadas instituições do Reino Unido: a Stagetext e VocalEyes, que promovem a acessibilidade cultural por meio da áudio-descrição e legendagem nos projetos de arte do Reino Unido. A iniciativa das organizações busca promover o acesso de pessoas com necessidades especiais à produção e difusão cultural e artística.

IncludeIt 2013: confraternização entre audiodescritores portuguêses e brasileiros

As Tagarellas Mimi Aragón, Marcia Caspary e Kemi Oshiro participaram da IncludeIt 2013 – Conferência Internacional para a Inclusão, a convite de ninguém menos que Josélia Neves, grande nome da acessibilidade e da audiodescrição de Portugal. Leia a seguir o relato de Mimi Aragón, que conta como foram recebidas, as atividades da IncludeIT, os trabalhos de Josélia em acervos artísticos de Leiria, e muito mais:

Breve história da audiodescrição em Portugal

Sempre que alguém descreve alguma coisa verbalmente estará a fazer audiodescrição. Como tal, será absolutamente impossível traçar um historial que dê conta das variadíssimas manifestações de audiodescrição possíveis ou existentes.

Projeto Museus e Acessibilidade

O Instituto dos Museus e Conservação (IMC) lança o projeto Museus e Acessibilidade. Surgido em 2003, Ano Europeu da Pessoa com Deficiência, tem o objetivo de promover a acessibilidade nos museus tutelados.

Os melhores da Espanha

Não é novidade que a Espanha vem se destacando nos estudos sobre tradução audiovisual. Por este motivo, a Asociación de Traducción y Adaptación Audiovisual de España criou o Prêmio ATRAE para as melhores traduções e adaptações do meio audiovisual.