Postagens do assunto: TV por assinatura

HBO estreia seu primeiro documentário audiodescrito

A HBO estreia no próximo dia 21 seu primeiro documentário original produzido no Brasil. Dorina – Olhar para o Mundo será exibido no canal Max, e ficará disponível gratuitamente por vinte dias na aba Experimente da plataforma HBO Go e no HBO On Demand, na plataforma Now (Net), na pasta Programas de TV HBO. O longa deve seguir ainda este ano para os canais da HBO nos demais países da América Latina.

GloboNews larga na frente e estreia audiodescrição

O documentário "Boa noite, Solidão" será exibido pela GloboNews neste sábado, dia 16, às 21h05 e será o primeiro programa da emissora a contar com o recurso da audiodescrição. Atualmente, as operadoras de TV por Assinatura já são obrigadas a transmitir os recursos de acessibilidade para pessoas com deficiência visual ou auditiva veiculados pela TV Aberta, mas não existe a obrigatoriedade para as emissoras exclusivas da TV a cabo, como a GloboNews. A audiodescrição é um recurso de acessibilidade que serve não só para pessoas com deficiência visual, mas também para terceira idade, pessoas com baixo letramento e com alguns tipos de deficiência intelectual.

audiodescrição nas TVs por assinatura: uma luz no fim do túnel

As TVs por assinatura são obrigadas por lei a transmitir integralmente os canais abertos locais, incluindo o áudio da audiodescrição. Apesar disso, até o início do ano era incomum encontrar o recurso – assim como o de legenda oculta. A constatação levou a Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR) e Conselho Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência (Conade) a solicitarem ações para sua exigência e fiscalização ao Ministério das Comunicações, à Agência Nacional do Cinema e à Agência Nacional de telecomunicações.

TELEs sugerem uso do FUST para financiar acessibilidade nas telecomunicações

A consulta pública para recolher contribuições referentes à elaboração do Regulamento Geral de Acessibilidade pela Anatel foi encerrada com 108 contribuições. Muitas delas, apresentadas pelas operadoras, defendem o uso do Fundo de Universalização dos Serviços de Telecomunicações (Fust), “que tem por objetivo o cumprimento de obrigações de universalização de serviços de telecomunicações, poderia ser utilizado como forma de fomentar o acesso universal aos serviços, possibilitando assim igualdade de oportunidades na sociedade”.

TVs por assinatura passam a transmitir programas com audiodescrição

Uma demanda da comunidade cega e das pessoas com deficiência visual consumidoras de televisão por assinatura começa a ser atendida pelas empresas operadoras do setor. Vários programas que já eram transmitidos com audiodescrição (AD) pelo sinal aberto também o estão sendo transmitidos pelas prestadoras de Serviço de Acesso Condicionado (SeAC), como são chamadas tecnicamente as TVs pagas (a cabo ou via satélite).

Adeus MTV

A Viacom é detentora mundial da marca "MTV". No Brasil, a Editora Abril havia comprado os direitos de uso da marca. Em consequência da forte reestruturação por que vem passando a Abril Cultural, deixaremos de ter o canal MTV na TV aberta. Adeus audiodescrição de Infortúneo, LUV e Comédia MTV!

Broadcast & Cable apresentará soluções para pessoas com deficiência na TV

A democratização do acesso à cultura demanda esforços para acessibilidade do conteúdo televisivo. Por isso, o Centro de Produção de Legendas (CPL), pioneira no Brasil na produção do closed caption offline, leva à SET Broadcast & Cable, maior evento de multimídia da América Latina, soluções que garantem acesso à informação a pessoas que necessitam de recursos especiais, tornando-as capazes de promover o resgate de sua identidade e autonomia.

Até quando?

Desde julho de 2011, época em que teve início as transmissões de programas com audiodescrição na televisão brasileira, cegos de todo o país perguntam: porque não consigo ter acesso a programação audiodescrita das TVs abertas por meio das operadoras de TV por assinatura?