CINESESC: programação de palestras

Da passagem do texto para a imagem, um filme pode seguir muitas linhas diferentes dentro da linguagem cinematográfica. As escolhas vão desde o formato em 35mm ou digital, atores profissionais ou não atores, linguagem clássica ou experimental, entre tantas outras.

Audiodescrição: caminho de acesso ao mundo das imagens

Em uma peça teatral, não ouvimos apenas as vozes dos atores. Vemos expressões, cenário, figurino, todo um conjunto de imagens que pessoas com deficiência visual não têm acesso. Mas podem ter. Há um recurso chamado audiodescrição, que transforma em palavras as imagens que são apreciadas em programas de tevê, exposições, mostras, musicais, óperas, desfiles, palestras e outros. Imagens tornam-se palavras. É uma possibilidade para que pessoas cegas possam interpretar de maneira mais completa o que assistem e, assim, terem acesso ao mundo das imagens.

Palestra sobre áudio-descrição na UFPE, com Lívia Motta

O Centro de Estudos Inclusivos (CEI) da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e seu grupo de Tradução Visual "Imagens que Falam" vêm convidar a comunidade em geral para a palestra sobre áudio-descrição a ser proferida pela Profa. Dra. Lívia Maria Villela de Mello Motta, com o título: "Audiodescrição e a inclusão cultural das pessoas com deficiência visual".

Vivo leva pessoas com deficiência visual para assistir peça no Festival de Curitiba

No último final de semana do Festival de Curitiba, mais de 50 pessoas com deficiência visual do Instituto Paranaense de Cegos, da Associação dos Deficientes Visuais do Paraná, da Secretaria Estadual de Educação – Setor Educação Especial e do UNILEHU – Universidade Livre para Eficiência Humana, foram convidadas pela operadora Vivo para assistir à peça Farsa da Boa Preguiça, utilizando o recurso de audiodescrição.

“Chico Xavier” terá audiodescrição

O produtor de cinema Luiz Eduardo Girão do filme "Chico Xavier" está feliz com a presença de público no primeiro dia de exibição. Foram mais de 140 mil pessoas número apurado em 2/3 das salas brasileiras. Ele acredita em novo recorde de público do cinema brasileiro quando se trata de estreias. A expectativa é de que o filme alcance uma média de 700 mil pessoas somente neste fim-de-semana.

Audiodescrição emociona deficientes visuais em Curitiba

Deficientes visuais ligados ao Instituto Paranaense de Cegos, à Universidade Livre para a Eficiência Humana (Unilehu) e alunos DVs da rede pública da Secretaria de Educação do Paraná, junto com seus acompanhantes puderam assistir à peça "A Farsa da Boa Preguiça" por meio do recurso da audiodescrição que, pela primeira vez, foi levado ao evento.