Museu Nacional do Azulejo: tesouros ao alcance de todos

No próximo dia 3 de Dezembro, terá lugar no Museu Nacional do Azulejo a apresentação pública do projecto Tesouros do Museu Nacional do Azulejo ao alcance de todos. Com este evento, o Instituto dos Museus e da Conservação e o Museu Nacional do Azulejo, com o apoio mecenático da Fundação Millennium bcp, associam-se às comemorações oficiais do Dia Europeu das Pessoas com Deficiência.

Museu Nacional do Azulejo - Porto dos Museus

Este projecto foi desenvolvido em parceria com a ACAPO (Associação dos Cegos e Amblíopes de Portugal) e a FPAS (Federação Portuguesa das Associações de Surdos), tendo contado com a orientação dada por Grupos Consultivos de pessoas com Cegueira e Surdez, visando melhores condições de acesso ao espaço e à informação, independentemente de incapacidades que o visitante possa ter, tanto do ponto de vista motor como sensorial (visual e auditivo).

Trata-se de audioguias que incluem audiodescrição para pessoas com cegueira ou baixa visão e videoguias em Língua Gestual para pessoas com Surdez.

Sobre o Museu Nacional do Azulejo:

O Museu Nacional do Azulejo tem por missão recolher, conservar, estudar e divulgar exemplares representativos da evolução da Cerâmica e do Azulejo em Portugal, promovendo as boas práticas de Inventariação, Documentação, Investigação, Classificação, Divulgação, Conservação e Restauro da Cerâmica e, muito em especial, do Azulejo. Integra também a missão do MNAz a salvaguarda patrimonial da igreja e dos demais espaços do antigo Mosteiro da Madre de Deus.

O Museu Nacional do Azulejo procura constituir-se como referência nacional e internacional, seja pela especificidade das suas colecções e dos seus espaços musealizados, seja pela excelência dos conhecimentos que lhe compete produzir e apoiar.

O Centro das suas actividades é a Cerâmica de Revestimento, pelo que deve constituir-se como entidade de referência e apoio à formação acadêmica e profissional, à investigação científica e tecnológica nas áreas da cerâmica de revestimento, cabendo-lhe apoiar as entidades públicas e privadas que tutelam patrimónios construídos com revestimentos cerâmicos, por todo o país.

Através das suas actividades, o Museu Nacional do Azulejo dá a conhecer a história do Azulejo em Portugal procurando chamar a atenção da sociedade para a necessidade e importância da protecção daquela que é a expressão artística diferenciadora da cultura portuguesa no mundo: o Azulejo.

Fonte: Museu Nacional do Azulejo – Porto dos Museus



Mais sobre audiodescrição