Curso a distância de audiodescrição na GPEC

Curso a distância de audiodescrição: tendo em vista o contexto escolar atual, no qual predominam imagens e signos visuais, a audiodescrição torna-se indispensável para a construção do conhecimento pelas pessoas com deficiência visual. É um serviço da tecnologia assistiva, que consiste em um recurso de tradução visual por meio da descrição clara e objetiva de todos os elementos visuais de uma obra, seja teatro, filme, musicais, exposições, figuras, gráficos em geral. A conhecida lei da acessibilidade nº 10098 estabelece, entre outros, normas gerais de acessibilidade, entre elas a comunicacional. Neste momento, cabe a discussão de que a audiodescrição pode ser um recurso a ser utilizado em diferentes espaços e em sala de aula e a necessidade de se criar roteiros como suporte e apoio pedagógico que favoreçam a inclusão da pessoa com deficiência visual. Assim, estariam os profissionais preparados para disponibilizar esta prática em sala de aula ou em diferentes espaços culturais? Como favorecer o uso dessa ferramenta como meio de inclusão cultural e educacional?

Audiodescrição como Suporte a Comunicação Audiovisual para Cegos

O objetivo desta pesquisa é estudar a audiodescrição como suporte à comunicação audiovisual para cegos, na leitura do filme A princesa e o violinista. Para isso, a análise tem como metodologia um estudo de recepção, envolvendo oito cegos membros da Associação Passofundense de Cegos (Apace), e uma entrevista com a roteirista responsável pela audiodescrição da obra.

Hábito de assistir TV do brasileiro

A terceira edição do Barômetro de Engajamento de Mídia, estudo global conduzido pela Motorola Mobility, mostra que os brasileiros são os consumidores que mais usam dispositivos móveis para ver TV na América Latina. Ao todo, 34% dos entrevistados afirmaram manter o hábito. O valor global para o hábito é de 37%.

Carnaval dos direitos humanos, em Pernambuco

SEDSDH realiza operação no Carnaval dos direitos humanos de Pernambuco 2012. O trabalho será realizado em 08 municípios, que são os principais pólos de folia de Pernambuco: Recife, Olinda, Vitória de Santo Antão, Nazaré da Mata, Bezerros, Pesqueira, Salgueiro e Petrolina.

Carnaval 2012: ainda sem garantia de audiodescrição na Sapucaí

Cega desde 1 ano e 2 meses, quando teve um câncer, a bela Giovanna, de olhos azuis penetrantes, curte o Carnaval através do som. Musicista formada pela Universidade de São Paulo (USP) e cantora lírica, ela fará parte do primeiro grupo de jurados de bateria cegos do Carnaval paulistano, que vai estrear no sambódromo do Anhembi este ano. "Estou muito ansiosa porque a responsabilidade é grande", diz Giovanna. A iniciativa, criada pela União das Escolas de Samba Paulistanas (Uesp) em parceria com a SPTuris, é uma das várias ações que visam incluir deficientes físicos e visuais nos desfiles do Rio de Janeiro e de São Paulo neste ano.

Se você é artista, siga o conselho de Marco Cardoso!

Muito se fala na questão da acessibilidade na cultura, vamos esclarecer uma coisa então: cultura para todos é possível através da democratização. Políticas públicas pensadas para viabilização da cultura, participação popular, criação de equipamentos e eventos culturais que atendam, cada vez mais, um número maior de pessoas, não esquecendo o principal: o educar para cultura, para o lazer cultural e para a fruição, caso contrário todo o resto não terá uso ou aplicação.