Sem acesso , falta lazer

Se circular pelas ruas da cidade ou pagar uma conta no banco já é uma tarefa difícil para as pessoas com deficiência, imagine ter acesso aos teatros, cinemas, parques e bares. "As pessoas acham que deficiente tem que ficar em casa", afirma Mozana Cavalcanti, de 40 anos, que precisou usar cadeira de rodas depois de ser baleada durante um assalto em Boa Viagem há três anos.

Cinema, desigualdade e expressão

Uma das formas mais exitosas de um governo implantar uma ideologia, seja ela de qualquer natureza, é através das artes. Assim fizeram russos e norte-americanos durante a Guerra Fria com a construção de centros culturais e financiamento de artistas em países estratégicos, além da exportação de livros, filmes, filarmônicas, peças teatrais e demais produtos da indústria cultural. De forma plena, sensível e reflexiva, a possibilidade do diálogo e expansão do conhecimento ganha novos contornos – e, geralmente, atinge seu objetivo.

Não Me Toque Estou Cheia de Lágrimas

Os três atos de Não Me Toque Estou Cheia de Lágrimas – Sensações de Clarice Lispector (Nascimento, Infância e Compulsão) foram inspirados na vida da escritora nascida na Ucrânia e naturalizada brasileira, que morreu em 1977, tempos depois de conceder entrevista histórica à TV Cultura, >), uma das referências utilizadas por Maria Waleska na concepção da coreografia. A bailarina solista que dá vida à Clarice é Fabiane Severo. Catarina Leite Domenici assina a trilha sonora ao lado de James Correa e participa do espetáculo com piano e voz.

Reino Unido e Brasil: pesquisa compara políticas para audiodescrição nos dois países

Com caráter exploratório por trazer uma discussão ainda inédita na literatura nacional e internacional, a pesquisa visa proporcionar aprofundamento de conceitos ainda não abordados em outros estudos e traz um novo enfoque para a temática da audiodescrição: uma vez que a política de implantação do recurso na televisão digital brasileira está em processo de desenvolvimento, registra o que já foi realizado e indica possíveis caminhos para serem seguidos por meio de uma análise de quais são os atores sociais envolvidos com essa política e quais as estratégias de ação usadas por eles.

Cegos de Caruarú participaram de sessão de filmes audiodescritos na ACACE

O mundo da sétima arte encanta crianças, jovens e adultos, e por que não dizer as pessoas com deficiência visual? Sim, a prova disto é a mostra de cinema que aconteceu hoje no Salão Paroquial da Igreja Nossa Senhora de Fátima, no bairro Boa Vista, promovido pela Associação Caruaruense de Cegos (Acace), às 9h.

Onde Está a Felicidade será exibido com AD na UFRGS

No dia 07 de novembro, às 9:00 da manhã, o projeto COM AD: Sessões com Audiodescrição na Sala Redenção de Cinema Universitário/UFRGS exibe o filme Onde está a felicidade? de Carlos Alberto Riccelli, com audiodescrição da Midiace (roteiro de Rodrigo Campos, Edna Morato e Vânia Silveira, narração de Carlos Alberto Riccelli).

A importância do suporte em eventos audiodescritos

Não faz muito tempo, estava em um coquetel que encerrou os três dias de um evento no qual trabalhei como audiodescritora. Em meio a muitas risadas e a conversas misturadas dos participantes, a voz da Lívia Motta ali perto. Ela explicava a uma audiodescritora a necessidade da função de suporte em eventos audiodescritivos ao vivo, quando foi interrompida por um rapaz cego que estava ao lado e que perguntou: “Mas onde está escrito isso? Quem disse que esses eventos precisam de suporte?