Audiodescrição para pessoas com deficiência visual e intelectual

O relato a seguir é resultado do trabalho de conclusão da disciplina Inclusão Cultural das Pessoas com Deficiência e os Diferentes Públicos da Audiodescrição, ministrada pelas Professoras Marta Gil e Cristiana Cerchiari, do I Curso de Especialização em Audiodescrição promovido pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), em parceria com a Secretaria Nacional de Promoção dos Direitos da Pessoa com Deficiência, sob coordenação da Prof.ª Dr.ª Eliana Lúcia Ferreira e da Dr.ª Lívia Maria Villela de Mello Motta. Título do trabalho: Audiodescrição Para Pessoas Com Deficiência Visual e Intelectual.

A História do Movimento Político das Pessoas com Deficiência no Brasil: com audiodescrição no Condef-RJ

A História do Movimento Político das Pessoas com Deficiência no Brasil é o tema do evento que o Midrash Centro Cultural promove em parceria com o Comdef-Rio (Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência do Rio de Janeiro). O encontro começa com a apresentação de um documentário sobre a trajetória do movimento. O filme será exibido com recursos de acessibilidade comunicacional: audiodescrição, legenda e interpretação em Libras. Em seguida, será realizada a palestra de Izabel Maior (ex-Secretária Nacional de Promoção dos Direitos da Pessoa com Deficiência, da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República) e Andrei Bastos (presidente do Comdef-Rio). O evento acontece no dia 16 julho, às 20h, com entrada franca.

Legislação Sobre audiodescrição Como Afronta aos Princípios Constitucionais: Uma Reflexão em Defesa da Implantação do Recurso na TV Aberta

Considerando que a isonomia e a dignidade humana são os princípios básicos do ordenamento jurídico brasileiro e levando em conta também os direitos fundamentais à educação, à informação, à cultura e ao lazer, a presente monografia científica, intitulada Legislação Sobre audiodescrição Como Afronta aos Princípios Constitucionais: Uma Reflexão em Defesa da Implantação do Recurso na TV Aberta, visa construir uma análise crítica acerca das falhas presentes na portaria 188/2010 do Ministério das Comunicações, suas implicações e da maneira como as disposições nela previstas afrontam diversos princípios constitucionais, deixando de efetivar os direitos das pessoas com deficiência.

Maxilar Viril: com audiodescrição em BH

No mês de julho, o projeto Teatro Acessível no Oi Futuro Klauss Viana tem o prazer de levar recursos de acessibilidade para Maxiliar Viril, o novo espetáculo da Cia. Maldita de Investigação Teatral, companhia belo-horizontina que tem uma trajetória aplaudida no teatro autoral e de experimentação e que inicia agora as comemorações pelos seus 10 anos de existência.

Aprovada criação do Dia Nacional do Teatro Acessível

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania da Câmara dos Deputados aprovou na terça-feira (1º), em caráter conclusivo, o Projeto de Lei 6139/13, do deputado Jean Wyllys (Psol-RJ) e outros, que institui o Dia Nacional do Teatro Acessível: Arte, Prazer e Direitos, a ser celebrado em 19 de setembro. De acordo com os autores, a data ajudará a divulgar a cultura por meio de atividades cênicas que utilizem práticas de acessibilidade física e comunicativa a pessoas com deficiência.