RioFilme em Ação discute acessibilidade em audiovisuais

RioFilme em Ação é uma iniciativa da Prefeitura do Rio de Janeiro que visa promover e instigar o debate sobre assuntos de interesse do setor audiovisual. Como proposta integrante da nova gestão da Secretaria Municipal de Cultura, a ação vai ao encontro do objetivo da RioFilme de exercitar o diálogo com a indústria audiovisual e a sociedade, a fim de desenvolver melhores práticas no campo das políticas públicas para a acessibilidade em audiovisuais.

Acessibilidade e inclusão por meio da arte

A falta de inclusão social afeta milhares de deficientes na capital federal. Seja pelo preconceito, ou pela falta de estruturas que possibilitam a convivência e as experiências do cotidiano urbano. "As deficiências são criadas pelas estruturas, não pela lesão". A frase da educadora Camila Alves revela que muitos dos entraves vividos por cegos, surdos ou quaisquer outras pessoas que possuem limitações físicas ou sensoriais partem de mazelas das cidades. Por exemplo, as calçadas de Brasília, que desafiam até mesmo pessoas sem dificuldades de locomoção.

Movimento Abra os Olhos cria desafio acessível

Três artistas em nome de uma causa nobre: a acessibilidade cultural. Assim surge mais uma causa do “Movimento Abra Os Olhos”, com a missão de tornar a cultura e a música acessíveis para todos. Em uma série de vídeos, Luiza, Jair e Tânia propõem um bate papo para a conscientização sobre o tema. O primeiro vídeo da série já foi lançado nessa semana. O “Movimento Abra Os Olhos” é uma realização da Sentidos Produções que, como estratégia para divulgação do movimento, criou um "desafio acessível" para outros artistas.

Canal do Cego: um canal de rádio FM específico para audiodescrição

Um canal de frequência de rádio FM aberta destinado a audiodescrição. Esta proposta de iniciativa do Instituto Comradio do Brasil foi apresentada no dia 06 de outubro, em Brasília, ao Ministro interino da Cultura, João Brant e à sua equipe técnica. A proposta do Canal do Cego tem como objetivo ampliar o acesso das pessoas com deficiência visual a teatros, cinemas e espetáculos culturais.