Postagens do assunto: Outros países

Portugal: qualidade do serviço de audiodescrição na televisão digital

Várias vezes tenho afirmado que a TDT que é "oferecida" aos portugueses fica muito aquém das possibilidades técnicas do sistema digital. E não me refiro apenas à reduzida oferta de canais de televisão (que deixa mais de 30% do espaço do multiplex desocupado) ou à ausência das rádios. Várias outras situações colocam-nos na cauda do pelotão da Televisão Digital Terrestre.

Espanha investe na formação de audiodescritores e legendistas

La Subdirección General de Orientación y Formación Profesional del Ministerio de Educación, Cultura y Deporte ha manifestado a la Defensora del Pueblo su intención de poner en marcha diversas actuaciones para que un grupo de expertos proponga antes de verano sus conclusiones respecto a la formación que debe dar respuesta a los subtituladores y audiodescriptores.

Guia de acessibilidade para Smart TVs

Recursos de acessibilidade para TVs inteligentes – aparelhos de televisão que podem acessar conteúdos da internet – serão examinados pelo Grupo de Trabalho da TV Digital (DTG), da associação industrial do Reino Unido para a televisão digital.

Descrição de imagens em livros, de Portugal

Quarenta anos de luz falada para quem vive na escuridão

Não podem a escuridão ou a metafórica cegueira branca, inventada por Saramago, travar a fruição da literatura ou o acesso ao conhecimento. Há 40 anos que a Biblioteca Sonora do Porto luta contra isso.

Transmidia: uma super equipe de especialistas

O TransMedia Portugal é o “ramo” português do Grupo de Investigação TransMedia (www.transmediaresearchgroup.com). No espírito do Grupo internacional, o TransMedia Portugal assume-se como um grupo de investigação informal, que reúne docentes, investigadores e profissionais com especial interesse em Tradução Audiovisual.

A audiodescrição em análise

Entrevista com Anaysa Raquel sobre o projeto "Ouço, Logo Vejo", que tem como objetivo a implementação da audiodescrição em todas as manifestações artísticas e culturais de Portugal.

Porquê eu amo Nova Iorque

Já fui algumas vezes para Nova York e o que sempre me faz querer voltar – além de tudo aquilo que eu amo nessa cidade, como, compras, shows e teatros – é poder transitar em uma cidade grande, é bom lembrar, inteiramente acessível.