Postagens do assunto: Teatro

Aprovada criação do Dia Nacional do Teatro Acessível

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania da Câmara dos Deputados aprovou na terça-feira (1º), em caráter conclusivo, o Projeto de Lei 6139/13, do deputado Jean Wyllys (Psol-RJ) e outros, que institui o Dia Nacional do Teatro Acessível: Arte, Prazer e Direitos, a ser celebrado em 19 de setembro. De acordo com os autores, a data ajudará a divulgar a cultura por meio de atividades cênicas que utilizem práticas de acessibilidade física e comunicativa a pessoas com deficiência.

Acessibilidade está bombando nos teatros do Rio de Janeiro

Nos dias 17 e 18 de maio, as peças "Pedro Malazarte e a Arara Gigante", e "Uma Vida Boa" contarão com acessibilidade no teatro do Oi Futuro Flamengo. Durante o espetáculo, o público com deficiência auditiva, visual (cegos e pessoas com baixa visão), intelectual, com síndrome de Down, autistas e disléxicos poderá assistir ao espetáculo com audiodescrição, legendas e Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS). Até março de 2015, uma vez por mês, um dos espetáculos que cumprem temporada em cada um dos teatros do Oi Futuro será apresentado com os recursos de acessibilidade.

Meu Amigãozão: com audiodescrição e Libras no Teatro Net Rio

Ministério da Cultura apresenta todo o carisma dos personagens animados da série de TV em um show com doze músicas inéditas e contagiantes, costurado por uma história de superação e amizade. Yuri, Lili, Matt e seus amigos Golias, Bongo e Nessa fazem uma viagem lúdica e divertida em oito apresentações da peça Meu Amigãozão no THEATRO NET RIO.

Teatro Oi Futuro Flamengo e Ipanema regularmente terão programação com acessibilidade

A partir da peça "Uma Vida Boa", dia 27 de abril, no Oi Futuro Flamengo, uma apresentação a cada mês terá recursos de acessibilidade para pessoas com deficiência visual e auditiva. O projeto acontece na programação dos teatros do Oi Futuro Flamengo e Ipanema, e tem como objetivo incluir pessoas com deficiência auditiva, visual (cegos e pessoas com baixa visão), intelectual, com síndrome de Down, autistas e disléxicos na programação teatral da cidade. Realizado pela Lavoro Produções, empresa pioneira na criação de projetos culturais com acessibilidade, o projeto oferece, por meio dos recursos da audiodescrição, legendas e Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS), mais acesso e conforto às pessoas com deficiências a espetáculos de teatro. A estreia acontece dia 27 de abril, às XX h, com a peça "Uma Vida Boa", de Rafael Primot, com direção de Diego Liberano.

Cuidado Frágil

A atriz Priscila Jácomo é, antes de tudo, uma palhaça. Daquelas palhaças com orgulho clown, um orgulho que enche o peito e resulta num espirro assim de sonoro e divertido, ó. Há algum tempo ela abandonou o trabalho como fonoaudióloga para se dedicar integralmente ao teatro e às palhaçadas – integra, com outros atores, a trupe Forças Amadas, que, a bordo de um ônibus, leva apresentações, histórias, jogos e improvisações para distintos pontos da periferia da cidade. Agora ela está pronta para estrear o monólogo Cuidado Frágil.

Pro Dia Nascer Feliz

As três apresentações de Cazuza – Pro Dia Nascer Feliz, o Musical” no Vivo Rio, nos dias 18, 19 e 20, prezarão pela acessibilidade. Os deficientes auditivos e visuais contarão, respectivamente, com interpretação em libras e com audiodescrição. O anúncio foi feito pela casa de shows, que fica no Flamengo. A língua brasileira de sinais será apresentada nos dois telões laterais do palco. Já a audiodescrição acontecerá por meio de receptores de áudio individuais. Haverá uma cabine de tradução simultânea, com duas profissionais reproduzindo com riqueza de detalhes as cenas, movimentos, cenários, figurinos e todos os elementos visuais interpretados pelos atores no palco.

Anne Sullivan e Helen Keller: A Luta Pela Inclusão

Secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência do Estado de São Paulo apresenta: Roberto Cordovani em: Anne Sullivan e Helen Keller – A Luta Pela Inclusão Social, espetáculo com AUDIODESCRIÇÃO E LIBRAS. Com Bruno Portela, Carlos Casarini, Gabriela Teles e Nina Mancini.

Mostra Marco Camarotti de Teatro para Infância e Juventude: 4ª edição

A Mostra Marco Camarotti de Teatro para a Infância e Juventude propõe mais uma vez em sua 4ª edição, a celebração do Dia Mundial do Teatro para a Infância e Juventude, 20 de março, através de um recorte na produção de teatro para crianças de Pernambuco de 2013, além disso, esse ano também fazemos uma homenagem aos Palhaços atuantes na cena teatral do Recife.

Rio de Janeiro: acessibilidade no Dia Mundial do Teatro

Neste 27 de março comemora-se o Dia Mundial do Teatro. Para celebrar, o Rio Show fez um roteiro de espetáculos ou eventos que permitem que todos os pequenos, sem restrições, possam se divertir. A peça "A aventura de Pedro" no Teatro Municipal do Jockey mostra como se pode fazer a diferença com pequenas mudanças nos equipamentos, facilitando o acesso a cadeirantes e oferecendo visitas guiadas para pessoas com baixa visão (antes da peça), intérpretes de libras (linguagem de sinais) e legendas eletrônicas.

O Som das Cores: inédito no teatro infantil de Minas

A partir do poema “O Cego” do checo Rainer Maria Rilke e do livro “O Som das Cores” do taiwanês Jimmy Liao, além das influências de várias fantasias cinematográficas, o espetáculo "O Som das Cores" traz a história de Lúcia, uma adolescente que perde a visão aos 15 anos e pensando que seu cachorro havia fugido com seus olhos, sai em busca dele. No subterrâneo das estações do Metrô e fora delas enfrenta perigos, derrota inimigos, e a tentativa de recuperar sua visão se transforma na maior aventura de sua vida. Através de uma trama inspirada em filmes de aventura somada a uma trilha composta pela banda “Graveola e o Lixo Polifônico”, o espetáculo conta, de maneira fantasiosa, as aventuras e desventuras da personagem e sua busca por algo provavelmente impossível: recuperar sua visão.